Buscar

Tudo que você precisa saber sobre o Imposto de Renda 2020/2021!

Atualizado: 14 de abr. de 2021



Já abriram as Declarações do Imposto de Renda, referente ao ano de 2020. O prazo final para a entrega é no dia 31 de Maio de 2021 (EDIÇÃO: Essa data ainda está em aberto, devido a mudanças legislativas - 31/05 é a data confirmada pela Receita). E outro lembrete importante: não deixe para a ultima hora! A multa por atraso é de no mínimo R$ 165,74, e máximo de 20% do imposto devido.


Abaixo, organizamos tudo que você precisa saber sobre essa declaração de IR. Quem precisa declarar, os documentos necessários e o que você pode deduzir.


Tire suas dúvidas!


Quem é obrigado a declarar?

  • Recebeu acima de R$ 28.559,70, no ano de 2020;

  • Recebeu lucro em 2020, ou outros rendimentos isentos superiores a R$ 40.000,00;

  • Fez operações de investimentos em bolsas de valores no ano de 2020;

  • Teve, ganho de capital com venda de bens e direitos (patrimônio);

  • Teve em 31/12/2020, a posse ou propriedade de bens e/ou direitos, patrimônio (casa, carros, moto, terrenos, contas bancárias de qualquer tipo ou qualquer outro bem) cuja soma foi superior a R$ 300.000,00;

  • Obteve em 2020, renda de produtor Rural superior a R$ 142.798,50;

  • Pretenda compensar, no ano-calendário de 2020 ou posteriores, prejuízos de anos-calendário anteriores ou o do próprio ano-calendário 2021, referentes à atividade Rural;

  • Passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e assim se encontrava em 31/12/2020;

  • Optou pela isenção de ganho de capital nos termos do art. 39 da Lei nº 11.196.

  • Recebeu rendimentos tributáveis em valor superior a R$ 22.847,76, e o auxílio emergencial para enfrentamento da emergência de saude publica de importância internacional decorrente do coronavírus (COVID-19)


Documentos necessários para declarar.

  1. Copia do CPF;

  2. Endereço completo;

  3. Para poder deduzir o valor de dependentes deve fornecer nome completo, data de nascimento e CPF;

  4. Numero do Titulo eleitoral;

  5. Comprovante de rendimentos (a empresa deve fornecer);

  6. Extrato bancário de todas as contas, ``específico`` para declarar o Imposto de Renda (nele constam os saldos no dia 31/12/2020 e os rendimentos das aplicações);

  7. Documentos de todos os bens que constam em seu nome (inclusive aqueles que foram adquiridos por contratos de compra e venda);

  8. Ocorreu, venda ou compra de algum bem em 2020? É necessário apresentar o nome do comprador/Vendedor, o Número do CPF/CNPJ, e o valor da transação: Obs. Imóveis, Informar, Nº do IPTU, data da aquisição, endereço completo de localização, área do Imóvel, Nº da matricula, e nome do cartório onde está registrado. Veículos, Informar o Nº do RENAVAM;

  9. Nos casos de financiamento para compra de bens; casa, carro, etc. apresentar o saldo devedor da divida (extrato especifico), em 31/12/2020.


O que pode ser deduzido?

  • Pagamentos com médicos, dentistas, plano de Saúde, Clinicas, Laboratórios, sem limite de valor (farmácia e medicamentos não podem ser deduzidos);

  • Gastos com instrução limitada a R$ 3.561,50 com o próprio declarante, e o mesmo valor por dependente;

  • Para cada dependente, o valor de dedução é de R$ 2.275,08;

  • Pensão alimentícia (deve ser judicial);

  • Previdência Privada (Máximo 12% dos rendimentos tributáveis);

  • Doações estatuto da criança, incentivo à cultura... (limite 6% do total do imposto devido);

  • Doações de 3% do imposto devido podem ser feitos ainda este ano, e já deduzidos nesta declaração;


Entre em contato conosco e nós trabalhamos para garantir a assertividade da sua declaração!


Qualquer dúvida ou esclarecimento, entre em contato conosco, por onde preferir.

Email: krausemayer@terra.com.br

WhatsApp Comercial: (51) 3563 8407

Telefone Fixo: (51) 3563 8400


224 visualizações0 comentário